Capítulo 1 – Parte I (Os fatos)

20 de Setembro de 2000 – o jornal anuncia um atentado às Torres Gêmeas no EUA, após alguns minutos acontece um segundo atentado. A guerra se inicia.

20 de Setembro de 2050 – atentados às novas Torres Gêmeas, rebeldes pedem a retirada das tropas estadunidenses do Iraque ou os ataques não cessarão.

20 de Setembro de 2084 – a guerra no Iraque não tem fim, esta se espalha por parte da Ásia e Europa. Inicia-se a 4ª Guerra Mundial

20 de Setembro de 2089 – os governos da América do Sul, África, Japão, China e Índia se unem e formam a AINM (Aliança Internacional do Novo Mundo) para fazer pesquisas. Cientistas constatam que a Terra está próxima de seu fim, a guerra está acabando com ela. Iniciam-se pesquisas no Universo, à procura de um planeta habitável para os terráqueos.

20 de Setembro de 2092 – a 4ª Guerra Mundial se torna mais agressiva. Os cientistas da AINM descobrem um planeta na mesma elipse da Terra, mas afastado desta, eles o chamam de Nova Terra e o mantém em segredo do resto do mundo. Inicia-se uma nova pesquisa: Naves espaciais de grande carga.

Base secreta da AINM em Ilhéus – BA, 1 de Outubro de 2095.

Uma cientista brasileira trabalha na pesquisa de naves espaciais. Ela tem aproximadamente 1,75m, estava próxima à janela, seus olhos castanhos reluziam atraz dos óculos retangulares que a deixavam com um aspecto de mais inteligente, bela e faziam contraste com seu rosto oval e muito expressivo. Atikin era seu nome, uma mulher jovem, apenas 21 anos, inteligente e sagaz. Quando criança já se mostrava um gênio e por sua genialidade entrou na faculdade com apenas 15 anos. Ela cursava o Ensino Médio pela manhã, ia para a faculdade e cursava um período duplo de Física, o 1º período à tarde e o 2º à noite, se formou em 2 anos e depois cursou Física Quântica e Engenharia em outros 3 anos, era a melhor aluna de todas as suas classes e chegou a ser eleita a melhor de toda a escola e faculdade. Alguns de seus amigos a chamam de Niki (deusa da inteligência e da sabedoria – o último na verdade eram 2, Niki e Renji – de uma cultura da época), pois ela sempre tinha resposta pra tudo. Desta vez ela não entendia o por que de ela não conseguir terminar o desenvolvimento da nave, quanto mais ela pensava mais confusa ficava. A base era subaquática, ficava abaixo da Ponte do Pontal e ela sempre amou aquele lugar, mas agora ele parecia o fim do mundo. Sua sala era dividia em duas partes, o laboratório e o escritório, ambos com paredes azuis. Em frente a sua mesa no escritório tinham janelas de vidro reforçado que a permitiam ver os peixes e o mar, ela estava os observando há horas. Havia muitos papéis em sua mesa, pesquisas, planilhas, plantas gráficas, desenhos e projetos da nave. Observava o mar até que passos vindos do corredor quebraram o imenso silêncio da sala e abruptamente entraram nela.

Nasijner é um dos cientistas que trabalha no projeto, ela o conhecia desde criança, é uma pessoa alegre e divertida, mas nunca o tinha visto tão eufórico. Ele é alto, aproximadamente 1,90m, seu cabelo castanho claro e liso a encantavam ainda mais que seus olhos cor-de-mel que se destacavam em seu rosto redondo. Nasijner tem a mesma idade de Atikin e possuía igual inteligência e sagacidade, é chamado por seus amigos de Renji (deus do companheirismo e da sabedoria juntamente com Niki), cursaram juntos todas as faculdades, além de eles terem estudado juntos durante todo o Ensino Fundamental e parte do Ensino Médio. Tinham uma ligação muito forte, um sempre sabia o que o outro ia falar, como pensava e como se sentia, eles se completavam. Desta vez Atikin não conseguiu entender o que se passava com Nasijner. Ele entrou em sua sala radiante, sorrindo e pulando, chamando Atikin frenéticamente.

Como ele pode estar tão feliz se ainda não descobrimos um jeito de colocar no mínimo 600 pessoas dentro de uma nave e mandá-las para a Nova Terra?, A não ser que… – pensou Atikin.

– Atikin, Atikin! Onde você tá Niki? – passou os olhos pela sala procurando-a.

– Eu estou aqui Renji…

– Vamos comemorar!

– Você conseguiu?

Nasijner afirmou balançando a cabeça. A expressão do rosto de Atikin mudou no mesmo instante, ela deu um enorme sorriso radiante, correu em direção a Nasijner e o abraçou.

– Estou feliz por você ter conseguido Renji!, à propósito, feliz aniversário! – Ainda o abraçando.

Ao ouvir as palavras de Atikin, Nasijner olhou-a e deu um largo sorriso.

– Você lembrou!…

Ela o olhou profundamente e fez cara de intrigada.

– Eu te conheço a, no mínimo, 15 anos Renji, Como poderia não lembrar? E, além disso, sei o quanto você esteve esperando que alguém o dissesse isso! – Sorriu.

Ele a olhou assustado e afastou-se um pouco.

– Eu juro que me assusto todas as vezes que você sabe o que eu preciso…

Atikin olhou-o com uma cara de surpresa.

– E eu não quando você faz o mesmo?

Novamente eles sorriram. Encaminharam-se para a saída do laboratório que ia dar em um antigo bar. No caminho eles discutiram sobre o projeto. Assim que chegaram na saída Atikin deu um pulo, um largo sorriso e disse:

– Vamos sair para comemorar! E em dobro Renji!

Ele a olhou com ternura e após um sorriso simpático disse:

– Como vai ser?

– Chama uns amigos seus e eu chamo uns nossos… – Os dois riram.

Nasijner ficou extremamente empolgado.

– Onde?

– Você é o aniversariante, você escolhe.

– Central do Caranguejo, o ponto de encontro da nossa galera!

Com voz de deboche Atikin deu uma risadinha cínica e disse:

– E a que horas ó mestre? – As gargalhadas de ambos, a muito escondidas pela preocupação com o projeto, tomaram conta do ambiente.

– Às 19h está bom?

– Perfeito! Nos encontramos lá à noite!

– Até lá então!

Abraçaram-se e seguiram ambos para suas casas.

Anúncios

~ por Bu. -L' illusioniste em quinta-feira; 14-fevereiro-2008.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: