Andanças

Hoje pela manhã tive médico, papai me levou de carro porém não poderia me buscar. São uns três quilômetros mais ou menos de lá até minha casa. Voltei andando. Não moro mais em um centro urbano, agora moro em uma cidadezinha chamada Cachoeira do Campo, lugar pouco conhecido que na verdade é um distrito de Ouro Preto(esta creio que vocês conhecem).

Vamos aos fatos.

No meu caminho de volta para casa comecei a lembrar me dos lugares onde morei e outros pelos quais passei. Para todos que me conhecem não é segredo minha paixão pela minha cidade, Ilhéus-BA, mas creio que nunca falei sobre o encanto que tenho pelo lugar em que moro atualmente. Sendo Ilhéus uma cidade relativamente conhecida, vou falar um pouco sobre a pequena Cachoeira do Campo.

Eis os fatos: Cachoeira do Campo é o maior distrito de Ouro Preto, foi um dos principais palcos da Guerra dos Emboabas, é uma das principais  receitas de Ouro Preto(não, o turismo não é o que dá mais dinheiro) e possui um peso histórico muito grande, a estrada real passa por aqui!

Conhecida na região pela festa da jabuticaba, tudo que você imaginar de doce aqui é feito com jabuticaba. Olha, ainda não peguei a festa mas dizem que é muito legal e as guloseimas são boas demais!

Se quiser saber mais sobre a cidade clique aqui, tem bastante informação aí ;]

Vamos ao encanto.

Andando durante uma meia hora fui reparando na cidade ao meu redor. Não é uma cidade bela, mas uma cidade bastante simpática, interior, sabe?

O asfalto é reduzido às principais vias, todo o resto são ruas de paralelepípedo. A água aqui é de graça, a prefeitura coleta água de uma nascente e qualquer um pode ir até o local e encher suas garrafas, galões e seja lá o que quiserem encher. Água totalmente potável, saudável e deliciosa!

O cheiro das árvores por todo caminho, e da terra, os animais. É uma grande fazenda. Observando as árvores encontrei um esquilo simpático, cheguei perto e ele não mudou seu rumo, apenas continuou seguindo seu caminho.

É tudo tão harmônico. Os paralelepípedos, as árvores, os cachorros perebentos cheios de terra, os cavalos e cavaleiros, as maritacas, esquilos e todos outros bichos que você consegue encontrar ao caso ou não.

Encantada com uma terra que não é meu lar, mas é onde moro e onde vou ficar pelo menos até o fim do ano. Vale a pena conhecer Ouro Preto também!
Bem, já me delonguei demais nas palvras, mais de quatrocentas segundo meu contador. Fica aqui minha recomendação: vai visitar Ouro Preto? Dê uma passadinha por Cachoeira do Campo, almoce em um restaurante e vislumbre a paisagem.

Anúncios

~ por Bu. -L' illusioniste em quarta-feira; 24-junho-2009.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: